Manejo no controle das plantas daninhas na cultura da Soja: A prática da dessecação pré-plantio


A semeadura da soja se aproxima e para garantir o desenvolvimento da cultura é fundamental que o produtor esteja atento as boas práticas de manejo. A dessecação pré-plantio é uma delas, pois ajuda a eliminar as plantas daninhas que possam competir com a soja que será semeada, o que pode comprometer o desenvolvimento da planta ao longo do ciclo. Com a utilização desta técnica é possível combater a infestação de plantas daninhas e dessa forma evitar a competição da soja por água, luz e nutrientes.



Para o sucesso da dessecação, a Engenheira Agrônoma Patrícia Costa Beber, destaca que é importante o produtor conhecer e avaliar os tipos de plantas daninhas presentes em sua lavoura e assim decidir as opções de dessecação. Patrícia destaca ainda, que esse conhecimento ajudará na aplicação correta dos produtos para o manejo da dessecação, proporcionando que a semente da soja possa germinar, emergir e desenvolver-se em um ambiente livre de plantas daninhas. O ideal é que essa prática seja realizada com um período de pelo menos 30 dias antes da semeadura da soja, com a cultura antecessora totalmente “morta”, tanto da parte aérea como das raízes, o que vai proporcionar inclusive melhorias na plantabilidade da soja.  Quanto melhor executada a dessecação, mais sucesso no resultado final do plantio.

 
Nenhum registro encontrado.